Todas as linhas de pesquisa adotam perspectiva multidisciplinar e comparativa nas Ciências Sociais.

______________________________________________________________________________________________________________________________

Desenvolvimento, globalização e migrações nas Américas

  • Processos de desenvolvimento, globalização e regionalização: Estuda as condições de inserção das sociedades nacionais em processos de desenvolvimento, globalização e regionalização, em suas múltiplas dimensões (econômica, social, política, cultural e científica-tecnológica). Destaca questões sobre integração, variedades de capitalismo, dependência e imperialismo; conflitos e disputas entre modelos hegemônicos e contra-hegemônicos; papéis e limites dos Estados nacionais, suas alianças e concertações internacionais; interações entre atores e instituições (Estado, governança global, mercado e sociedade civil).
  • Migrações internacionais, políticas migratórias e fronteiras: Estuda as práticas sociais transnacionais (econômicas, políticas, religiosas, familiares, entre outras) que realizam os migrantes através dos campos sociais transnacionais, assim como os múltiplos impactos dessas práticas nas sociedades de origem e nos lugares de destino. Analisa as políticas migratórias nos âmbitos nacionais e internacionais e os seus impactos na gestão dos fluxos migratórios. Examina as políticas especificas para o retorno e a circularidade dos migrantes entre países e nas áreas de fronteiras.

______________________________________________________________________________________________________________________________

Sociedade, Estado e Políticas nas Américas

  • Estado, democracia, ideologia e poder: Estuda a formação e desenvolvimento dialético do Estado-nação, os valores, crenças e ideologias que caracterizam os fenômenos políticos americanos, como caudilhismos, golpismos, populismos, revoluções, contrarrevoluções e processos democráticos. Analisa as relações recíprocas entre exploração, poder e dominação, a sobredeterminação da política sobre a economia na América Latina, as dinâmicas de transformação das interações Estado-sociedade civil, reforma-revolução, esquerda-direta nas sociedades do continente.
  • Instituições e políticas públicas: Estuda as relações entre políticas públicas e as instituições dos Estados, sociedades civis e mercados em suas dimensões nacional e internacional. Analisa as políticas públicas como ações de transformação social com vistas à inclusão social e política, construção da cidadania e democratização, abrangendo as mais diversas problemáticas sociais contemporâneas.

______________________________________________________________________________________________________________________________

Etnicidade, raça, classe e gênero nas Américas

  • Estratificações sociais, desigualdades e dominação. Estuda eixos de desigualdade nas sociedades contemporâneas, com ênfase na ação coletiva e protagonismo de minorias em contextos regionais, nacionais e globais. Analisa respostas estatais e interestatais de administração dos problemas e conflitos interétnicos, raciais, de classe e de gênero pertinentes a esses contextos conformando problemas sociais compartilhados.
  • Interculturalidade, Multiculturalismo e Relações de Gênero: Estuda as políticas sociais e culturais com enfoque sobre seus impactos e relações com movimentos identitários e processos políticos e institucionais de construção de categorias étnicas, raciais e de gênero. Destaca o estudo das relações interétnicas, raciais e de gênero e seus efeitos para o acesso a equidade, redistribuição e reconhecimento.